Área restrita
Esqueci minha senha

Quero solicitar acesso

Animais Silvestres
Biologia de Morcegos
 
Os morcegos são os únicos animais mamíferos (ordem Chiroptera) capazes de voar. Representam um quarto de toda a fauna de mamíferos do mundo: são cerca de mil espécies, que possuem uma enorme variedade de formas e tamanhos, podem ter uma envergadura de cinco centímetros até dois metros; enorme capacidade de adaptação a qualquer ambiente e ampla variedade de hábitos alimentares, nunca vista em nenhuma outra ordem animal, pois podem se alimentar de frutas, néctar, pólen, insetos, artrópodes, pequenos vertebrados e peixes.

Somente três espécies se alimentam de sangue, ou seja, são morcegos hematófagos, encontrados apenas na América Latina e no Sul do México. Dessa maneira contribuem substancialmente para o equilíbrio dos ecossistemas, pois atuam como polinizadores, dispersores de sementes e controladores das populações de insetos. Possuem o extraordinário sentido de ecolocalização ou biosonar ou ainda orientação por ecos, que utilizam para voar por entre obstáculos ou para caçar suas presas.

Transmissor da raiva

Ainda que o perigo de transmissão de raiva se resuma aos locais onde essa doença é endêmica, dos poucos casos relatados anualmente, a maioria é causada por mordidas de morcegos.

Os morcegos têm dentes muito pequenos e podem morder uma pessoa adormecida sem que sejam sentidos. Contribui para isso uma substância anestésica presente na saliva desses animais.

Devido ao risco de raiva e também a problemas de saúde relacionados a suas fezes, que podem conter, entre outros, os fungos causadores da histoplasmose, os morcegos devem ser retirados das partes habitadas das casas.

Dez razões para gostar de morcegos

1. São grandes controladores das populações de insetos. Algumas espécies ingerem duzentos ou mais insetos em apenas alguns minutos de vôo.

2. São responsáveis pela formação de florestas. Ao ingerir um fruto, o morcego deixa cair as sementes em locais distantes do original, onde podem nascer novas árvores. Mais de quinhentas pequenas sementes podem ser transportadas por um único morcego a cada noite.

3. Auxiliam na reprodução de mais de quinhentas espécies de plantas, visitando as flores como fazem, de dia, os beija-flores e as abelhas, transportando o pólen de flor em flor.

4. Há morcegos que se alimentam de pequenos animais, incluindo roedores, que tantos prejuízos causam à agricultura.

5. São largamente empregados em pesquisas científicas, incluindo a ação de medicamentos que, no futuro, poderão ter aplicação em humanos.

6.
As fezes dos morcegos constituem excelente adubo natural. Foram intensamente exploradas até ao desenvolvimento de adubos industriais.

7.
Têm sido estudados para aperfeiçoamento do sonar.

8. A saliva do vampiro tem forte ação anti-coagulante. A sua pesquisa poderá ter aplicações no tratamento de várias doenças vasculares.

9. São importantes elos na cadeia alimentar.

10.
O seu desaparecimento poderá resultar em desequilíbrio ambiental, causando maiores danos do que os causados pela sua proximidade com o Homem.

 


© MAM - Controle de Pragas - Todos os direitos reservados.
Powered by anydesign.net